Avançar para o conteúdo principal

Notícia ao minuto Coronavirus (COV-19)


Acompanhamos aqui ao minuto todos os desenvolvimentos sobre a propagação do novo coronavírus em território português e à escala internacional.
China diz ter desenvolvido vacina "com êxito"

O Ministério da Defesa da China anunciou que desenvolveu "com êxito" uma vacina contra o novo coronavírus, que causa a doença Covid-19, e autorizou testes em humanos, embora não tenha indicado quando é que estes começam.

Em comunicado, o Ministério da Defesa informou que aprovou ensaios clínicos em humanos de uma vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela Academia Militar de Ciências.


A vacina foi desenvolvida pela equipa liderada pelo epidemiologista Chen Wei.

Várias instituições chinesas anunciaram hoje o lançamento de ensaios clínicos em abril, para testar a eficácia de várias vacinas contra o vírus.

Instituto Português do Sangue alerta para forte redução de dadores


O Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST) admitiu hoje "uma forte redução no número de dadores", devido ao surto de Covid-19 no país, tendo decidido avançar para o nível amarelo de alerta.


Em resposta enviada à Lusa, o IPST reconheceu também "uma redução" na reserva estratégica nacional de sangue, acompanhada de "uma diminuição de 22 por cento no número de colheitas realizadas".

No entanto, o organismo público garantiu que as necessidades imediatas estão asseguradas.

"Neste momento, permite responder às necessidades, uma vez que a diminuição nas colheitas de sangue e componentes sanguíneos foi acompanhada de uma redução nos consumos devido ao adiamento de intervenções programadas nos hospitais", referiu o IPST, salientando que "não é possível antever com exatidão a quebra até ao final de março".

A reserva estratégica nacional de sangue contempla quatro níveis de alerta no seu plano de contingência: verde, amarelo, laranja e vermelho, sendo este último o mais grave ativado quando as reservas do país não forem além de três dias.


Agências de viagens trabalham para acudirem turistas portugueses no estrangeiro

A Associação Portuguesa das Agências de Viagens e Turismo (APAVT) garantiu que as agências estão "a fazer todos os esforços para acudirem" os turistas portugueses no estrangeiro, depois do encerramento de várias fronteiras devido à pandemia de Covid-19.

"Tal como todos os agentes de viagens em todo o mundo, os agentes de viagens portugueses estão a fazer todos os esforços para acudirem a esta situação de exceção", refere a APAVT num comunicado.

O documento foi emitido em resposta ao ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Augusto Santos Silva, que hoje apelou às agências de viagens para que não deixem os turistas "sozinhos nestas circunstâncias difíceis".


"O Estado, através do Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), da nossa embaixada (em Jacarta) e dos serviços centrais apoia, mas evidentemente que o Estado não pode substituir-se às agências de viagens com os quais foram contratados estes percursos", afirmou Augusto Santos Silva, destacando a situação que se verifica no continente asiático.

Casos confirmados no Brasil aumentam para 291

O Brasil tem 291 casos confirmados do novo coronavírus e monitoriza 8.819 casos suspeitos, após ter sido hoje anunciada a primeira morte causada pela Covid-19 no país, informou o Ministério da Saúde.

Segundo o Governo brasileiro, a idade média dos infetados é de 42 anos, sendo que o país já descartou 1.890 casos suspeitos.

São Paulo continua a ser o estado mais afetado pela Covid-19, com 164 infetados, seguindo-se o Rio de Janeiro, com 33 casos confirmados.

Estes são também os únicos estados brasileiros que registam casos de transmissão comunitária, que é quando há uma maior difusão do vírus, e as autoridades de saúde já não conseguem identificar a trajetória de infeção.

Em conferência de imprensa, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, apelou para que os doentes sem sintomas graves façam os seus tratamentos no domicílio, de forma a libertar camas para os pacientes em estado mais grave.


Nações Unidas suspendem processo de colocação de refugiados

As Nações Unidas anunciaram a suspensão do processo de colocação de refugiados, os quais poderiam tornar-se vítimas das restrições de entrada que estão a ser impostas por vários países, devido à pandemia de Covid-19.

"Uma vez que vários países estão a limitar drasticamente a entrada no seu território e a impor restrições nas viagens aéreas, devido à crise de saúde mundial causada pela Covid-19, o processo de colocação dos refugiados está a sofrer uma forte perturbação", informou.

A ONU salientou igualmente que os países suspenderam, temporariamente, o acolhimento de refugiados como forma de conter a propagação do novo coronavírus.

Queima das Fitas 2020 no Porto, que decorria de 3 a 9 de maio, cancelada.

Antigo presidente do Real Madrid internado nos cuidados intensivos

O antigo presidente do Real Madrid, entre 1995 e 2000, Lorenzo Sanz, está internado nos cuidados intensivos na Fundação Jiménez Diaz, em Madrid, depois de contrair o coronavírus.

Segundo a imprensa espanhola, Sanz, de 76 anos, foi internado hoje após vários dias com febre, e ainda que não haja resultados dos testes a que foi submetido, os médicos já fizeram saber que se trata de um caso positivo da Covid-19 com 99 por cento de possibilidades.

Estivadores preocupados com risco de infeção nos portos nacionais

O Governo decidiu esta terça-feira decretar a requisição civil no Porto de Lisboa. O Ministério das Infraestruturas considera que os estivadores em greve não estão a cumprir com os serviços mínimos.

“O caráter excecional da requisição civil fica ainda a dever-se ao atual quadro de contingência decorrente do surto Covid-19, no âmbito do qual se constatou já uma afluência extraordinária de pessoas aos supermercados e farmácias, que motivou uma rutura de stocks”, esclareceu o Governo.

Na segunda-feira, o Sindicato dos Estivadores e Atividade Logística havia anunciado o prolongamento da paralisação no Porto de Lisboa, em protesto contra o que descreveu como “um despedimento coletivo encapotado”.

O dirigente sindical António Mariano tratou também de assinalar a preocupação dos profissionais com o risco da Covid-19 nos portos nacionais, reclamando meios de proteção individual, nomeadamente luvas e máscaras, assim como a desinfeção dos locais de trabalho.

“Sabemos que algumas empresas do grupo Yilport já estão a disponibilizar máscaras e luvas, mas há outras empresas de estiva que hoje de manhã ainda não tinham disponibilizado esses meios de proteção individual”, acrescentava ontem António Mariano.

“Não há nenhum tipo de restrições para os navios da marinha do comércio, não é feito nenhum controlo térmico das tripulações nem é feito nenhum tipo de despistagem da Covid-19. E isso é uma coisa que não compreendemos”.


Falta de clientes obriga restaurantes a encerrar e ameaça despedimentos

Muitos restaurantes já fecharam muitos outros dizem que o vão fazer por falta de clientes

Uma situação provocada pelo coronavírus que vai provocar muitos despedimentos.

Por isso, um grupo de empresários, entre eles alguns dos mais conhecidos chefs portugueses, fizeram um apelo ao Governo.

Forças de segurança sem férias exigem mais equipamentos

Estão suspensas as férias dos polícias durante esta fase de pandemia. Também os polícias em pré-aposentação podem ser chamados a partir de agora a prestar serviço em caso de necessidade

Decisões anunciadas no mesmo dia em que os sindicatos da PSP, da GNR e do SEF pedem mais equipamentos e proteção individual para todos os agentes, militares e inspetores.

Fábrica da Continental em Palmela fecha até ao final de 2021

À exceção desta empresa, todas as outras fábricas do ramo automóvel estão a fechar temporariamente por causa do novo coronavírus.
A partir de quarta-feira, não há produção na Autoeuropa e no Parque Industrial, na Renault de Cacia, na Toyota em Ovar e na PSA, em Mangualde.

Ponto de viragem na resposta da Casa Branca à pandemia

Nos Estados Unidos fecharam os restaurantes, cinemas e diversão noturna. Podem ser ponderadas quarentenas obrigatórias e medidas extraordinárias.
Donald Trump muda definitivamente de tom e leva agora a pandemia mais a sério.

O Canadá fechou também as fronteiras.

França entra em situação inédita de emergência

Numa situação inédita de emergência, os franceses vivem a partir de hoje todos fechados em casa.
Cem mil polícias vigiam o cumprimento das ordens do Presidente da República.

Quem sai de casa tem de levar uma justificação escrita para apresentar às autoridades.

Serão aplicadas multas para quem não cumpre as ordens governamentais.

Países africanos de língua portuguesa multiplicam restrições

São Tomé e Príncipe declarou o estado de emergência, a Guiné-Bissau fechou as fronteiras, Cabo Verde suspendeu as ligações aéreas com Portugal.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Cheats e códigos GTA 5 (Xbox One, Xbox 360, PS4, PS3 e PC)

O Códigos de GTA 5, também chamados de macetes ou cheats, permitem fazer trapaças como ter vida infinita, criar armas e controlar a polícia no game para Xbox 360, PS3, PS4 e Xbox One. Confira a lista com todas as manhas do jogo da Rockstar, atualizada em 2019. Aproveite ver também os códigos de GTA 5 para PC e outros truques usando o celular no Grand Theft Auto 5.


GTA 5: como ganhar dinheiro infinito de forma rápida Os códigos funcionam usando o direcional do controle e os botões correspondentes. O ideal é fazer de forma rápida, sem pausas longas, para que todos os cheats entrem corretamente. Quando ativado, o código mostra uma mensagem acima do mapa, sinalizando que está funcionando. Lista de códigos de GTA 5 para Xbox 360 e Xbox One
Invencibilidade: Direita, A, Direita, Esquerda, Direita, RB, Direita, Esquerda, A, YQueda Livre: LB, LT, RB, RT, Esquerda, Direita, Esquerda, Direita, LB, LT, RB, RT, Esquerda, Direita, Esquerda, DireitaArmadura e vida no máximo: B, LB, Y, RT, A, X, B, Dir…

Notícias ao minuto sobre o coronavirus (cov-19) em Portugal

Coronavirus em Portugal actualizações hora a hora...




Confirmados (total); Suspeitos (total acumulado) Por faixa etária Por região







Emigrantes de volta a Portugal estão a furar quarentena

Portugueses vindos de França e Espanha não estão a respeitar o isolamento social obrigatório de 14 diasO presidente da Câmara de Bragança adverte que os emigrantes que estão a regressar para se juntarem às suas famílias não estão a cumprir a quarentena de confinamento em casa, determinada pela Autoridade Regional de Saúde a partir de quinta-feira. 

“Chegam às aldeias, andam na rua e cumprimentam a população toda”, afirma Hernâni Dias. O autarca decidiu, por isso, proceder a “avisos sonoros” nas zonas rurais do município, onde residem muitos idosos vulneráveis.