Avançar para o conteúdo principal

Existe uma reserva de água do tamanho de 140 biliões de oceanos

A Terra tem muita água, mesmo muita! Aliás, a quantidade é tanta que é complicado contabilizar e traduzir em números o valor. Segundo estimativas, a Terra terá 1.260.000.000.000.000.000.000 de litros de água. Contudo, apenas 2% de toda esta água é potável. Mesmo assim, é uma grande quantidade que não está bem distribuída. E se um dia precisássemos de mais água? Não se vislumbra um acontecimento que nos faça perder este líquido precioso para o espaço. No entanto, nesse mesmo espaço, a alguns mil milhões anos luz, existe um lugar que tem mais 140 biliões de vezes mais água que a que temos aqui no nosso planeta. Portanto, 140 biliões de vezes mil duzentos e sessenta triliões de litros.
Água em forma de vapor que é 140 biliões mais do que a que temos na Terra Bom, pode não ser fácil perceber estes números de litros à escala com que lidamos. Contudo, os astrónomos encontraram esta reserva à espreita num longínquo buraco negro supermassivo. Dizem ser o maior depósito de água do universo e que tem 4.000 vezes a quantidade encontrada na Via Láctea. Esta quantidade de água foi descoberta por duas equipas de astrónomos a 48 mil milhões de biliões de quilómetros, onde aparece como vapor disperso por centenas de anos-luz.
O reservatório foi encontrado numa área gasosa de um quasar, que é uma região brilhante e compacta no coração de uma galáxia alimentada por um buraco negro. Esta descoberta demonstra que a água pode estar presente em todo o universo, mesmo no início. Embora este acontecimento não seja surpreendente para os especialistas, a água nunca tinha sido descoberta tão longe. A luz do quasar (especificamente, o quasar APM 08279+5255 na constelação Lince) levou 12 mil milhões de anos-luz a chegar à Terra, o que implica que esta massa de água já existisse quando o universo tinha apenas 1,6 mil milhões de anos.
Notícias ▪︎▪︎▪︎》♤♡◇♧ Jorge Daniel Mendes Ferreira

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Cheats e códigos GTA 5 (Xbox One, Xbox 360, PS4, PS3 e PC)

O  Códigos  de  GTA 5 , também chamados de macetes ou cheats, permitem fazer trapaças como ter vida infinita, criar armas e controlar a polícia no game para  Xbox 360 ,  PS3 ,  PS4  e  Xbox One . Confira a lista com todas as manhas do jogo da  Rockstar , atualizada em 2019. Aproveite ver também os  códigos de GTA 5 para PC  e outros truques usando o celular no Grand Theft Auto 5. GTA 5: como ganhar dinheiro infinito de forma rápida Os códigos funcionam usando o direcional do controle e os botões correspondentes. O ideal é fazer de forma rápida, sem pausas longas, para que todos os cheats entrem corretamente. Quando ativado, o código mostra uma mensagem acima do mapa, sinalizando que está funcionando. Lista de códigos de GTA 5 para Xbox 360 e Xbox One Invencibilidade:  Direita, A, Direita, Esquerda, Direita, RB, Direita, Esquerda, A, Y Queda Livre:  LB, LT, RB, RT, Esquerda, Direita, Esquerda, Direita, LB, LT, RB, RT, Esquerda, Direita, Esquerda, Direita Arma

Notícias ao minuto sobre o coronavirus (cov-19) em Portugal

Coronavirus em Portugal actualizações hora a hora... Confirmados (total); Suspeitos (total acumulado) Por faixa etária Por região Óbitos por faixa etária e género

Portugal tem 3544 casos confirmados e 60 mortes

Há mais dez mortes do que na segunda-feira e mais 15% de casos confirmados de infecção. Região norte é a que tem mais mortes e mais casos de infecção. Mais de 60% das pessoas que morreram tinham idades superiores a 80 anos. Pelo mundo, a pandemia já fez mais de 16.500 mortes e, desde o início do surto, foram identificados mais de 377 mil casos de infecção. Há 33 mortes em Portugal (mais dez do que na segunda-feira) e 2362 casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus em Portugal, mais 302 do que no dia anterior – o que corresponde a uma variação de 15%. Das vítimas mortais, 63% tinham uma idade superior a 80 anos. Ao todo, 22 pessoas recuperaram. Inicialmente, a Direcção-Geral da Saúde (DGS) avançou 30 mortes, incluindo um primeiro óbito nos Açores que, afinal, se tratava de um paciente que não estava infectado com o novo coronavírus. No comunicado em que corrige essa informação, emitido pelas 16h25, a DGS dá conta de três outros óbitos, que “foram conhecidos após p